terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

E ficar ali, aninhada, quieta.

Sofia Vergara
Há poucas coisas que me saibam tão bem como ter a cabeça encostada ao peito dele e ouvir o coração bater enquanto ele dorme.

2 comentários:

Mary disse...

Já somos duas. É o meu calmante preferido.

menina lamparina disse...

Awnnn :) Que bommm! Espero que continuem assim fofinhos até usarem bengalas. :D
Eu quero continuar a ter isto também depois de casar e ter filhos. Não quero deixar de ser a namorada dele nem de ter esse porto de abrigo. É que sabe mesmo bem ficar ali, quietinha, com a certeza de que não vai acontecer nada. :)*

Beijinho*