terça-feira, 11 de novembro de 2014

pormenores

Rihanna & Katy Perry
Quando a nossa bff, só por ouvir a nossa voz e sentir o nosso sorriso do outro lado do telemóvel, nos pergunta «O que é que tu tens para me contar? O que é que andaste a fazer?», sabemos que não há como fugir a anos e anos de convivência.
Basta um «Alô» com uma entoação diferente para que nos descubram. Quem realmente nos conhece, topa à distância se estamos bem, mal, assim-assim ou tanto faz.
Se estamos a disfarçar ou a ser sinceras. Se estamos num daqueles dias em que o trabalho nos sugou as energias todas, se houve uma novidade que nos faz sentir especiais, se estamos em pânico com determinada situação, as bffs descobrem.
Há qualquer coisa no timbre, na colocação de voz, na expressão facial que influencia a maneira como falamos - mesmo ao telemóvel - que nos denuncia.
Podemos enganar o mundo inteiro, simular alegria em momentos de pranto, seriedade quando só apetece distribuir sorrisos ou usar o cinismo para não manifestar raiva, mas a melhor amiga lê-nos nas entrelinhas.
Ela sabe sempre.

2 comentários:

Primavera Blush disse...

É muito bom termos alguém que nos compreenda assim na nossa vida! :)

Sofia disse...

É mesmo. E nós delas! ;)
http://douradorosa.blogspot.pt/