quinta-feira, 28 de março de 2013

Contem-me tudo!

Lauren Conrad
Estamos novamente no fim-de-semana pascal. Nunca percebi porque não ligo tanto à Páscoa como ao Natal. Como Cristã, deveria dar-lhe muito mais importância do que ao nascimento de Jesus. É agora que se comemora a Sua vida para lá da existência humana, é agora que festejamos a certeza de que continua vivo.
Na verdade, fico-me apenas pelo saber e pelo sentir-me grata pela fé que me move. É que as tradições não são muitas, cá em casa... mas desde que me lembro de mim, acordo à procura dos ovos de chocolate. Mesmo perto dos 30, continuo a receber um, gigante, a que não resisto. Só lamento nunca ter visto o tal do coelhinho. E também nunca percebi de que raio de raça é esse coelho que põe ovos e de chocolate! Duvidoso, no mínimo. Como não sou natural da zona centro, onde resido, nunca vivi a Páscoa como a maioria dos meus amigos, com o hábito de receber folares, presentes ou dinheiro nesta altura é exactamente nesta altura que não me importava nada de abdicar das minhas raízes - se fosse de cá, estava rica com o que ia facturar nesta altura!. Os meus padrinhos, que também são lisboetas, não ligam nenhuma a essas coisas. Recebo imensas amêndoas, almoçamos cabrito (ou será borrego?) e de resto, não se passa mais nada. É uma boa desculpa para me atolar de guloseimas, portanto. E vocês? Como é a vossa Páscoa?

3 comentários:

Noa disse...

Também sou da zona centro (orgulhosamente) mas os meus pais são do norte, assim como os meus padrinhos. Então, até uma certa altura na minha vida, lá vinha um dinheirinho dos padrinhos. Agora sou eu madrinha e já tenho os miminhos para o meu afilhado. :)

Guinhas disse...

Não ligo NADA!!!Um fim de semana grande que vai servir para ser aproveitado :)

Tamborim Zim disse...

Nesta época assisto ao Memorial, como disse na Alegoria. Os ovos, coelhinhos, e demais símbolos de Ishtar entram na cabeça à laia de desenho animado, e como pura fantasia, obviamente q nada a ver c a simbologia importante da quadra. (Por acaso gostava de um ovo de chocolate, se fosse sem leite...)