terça-feira, 11 de setembro de 2012

Queridas, mudei o pulso!

Há muito tempo que o meu pulso esquerdo não via a luz do dia. É que nisto das pulseiras sempre fui de fases: se houve épocas em que o minimalismo imperou, noutras, mais foi mais. Então estive anos sem conseguir usar nada nos pulsos (nem relógios!) e anos em que não suportava vê-los vazios. Há algum tempo que o meu pulso esquerdo era fiel guardião da minha colecção de quinze pulseirinhas giras e fofas.


Faziam parte de mim e não as tirava nem para ocasiões especiais. Sempre disse que nunca mais as tiraria, nem para o meu próprio casamento (sempre tive um quê de drama queen...). E foi exactamente por sentir esta resistência à ideia de retirá-las que decidi fazê-lo.


Sou contra amuletos. Não gosto de me sentir presa a um objecto, seja ele qual for. Não faz parte da minha filosofia de vida nem tem lugar na minha fé pessoal acreditar que uma coisa material tem influência na minha sorte, no meu destino, no meu dia-a-dia. Quando coloquei cada uma das pulseirinhas acima, não pedi desejos porque a sua função era apenas decorativa, mas a verdade é que me apeguei demasiado e não concebia a hipótese de retirá-las... por isso, fi-lo, como uma declaração de liberdade. Isto é mesmo estranho de explicar. Bom, depois de uma lagrimita, fiquei neste estado:


Moral da história: não decidam coisas destas depois do Verão, principalmente se estiverem sob pressão. Agora sou incapaz de exibir esta marca horrorosa, pelo que me encho de pulseiras na mesma (bangles, não pulseirinhas com significado):


Estou fã deste mix. Algumas foram oferecidas por uma prima à Mana Lamparina, feitas por uma artesã angolana. Outras eram da minha bff L., que por ter um pulso mínimo acabou por me fazer uma doação. São super coloridas, muito Verão e disfarçam muitíssimo bem o meu pulso macilento. Aproveito para vos mostrar que não fica assim tão exagerado como poderia parecer:


Já viram a pulseira que a minha amiga do coração F. fez para mim? É linda e fica perfeita com o relógio (#inlove).


É fofinha, fofinha. Em rosa, verde e branco.

5 comentários:

Karina sem acento disse...

Por acaso não sou muito de usar pulseiras. Ando sempre com relógio, no pulso direito e uso uma pulseira fininha no pulso esquerdo. Só quando me dá na gana é que ponho mais. Mas gosto de ver nas outras pessoas, os pulsos cheios de pulseiras :)

Isaa disse...

Também adoro usar o pulso cheio de pulseiras :D

belle du jour disse...

Giveaway Chanel

http://belledujourlisboa.blogspot.pt/2012/08/giveawaychanel-6-meses.html

Participa!

Palco do tempo disse...

os meus pulsos andam parecidos :)

Se eu pudesse escrevia um livro disse...

Correu mal foi teres feito isso dps do verão.. ehehehe, mas se usares mtas do gênero que usast, ñ se nota nada ;)