terça-feira, 6 de março de 2012

Respondam lá para ver se eu sou mesmo anormal...

Reese Witherspoon
Se vocês tivessem uma fobia, tratavam-na?
Se ela alterasse o vosso quotidiano, se não vos permitisse viver normalmente, se vos pusesse em perigo?
Mesmo sabendo que parte do tratamento seria o confronto com o objecto do medo?

12 comentários:

isa disse...

sempre ouvi dizer que se tens medo de algo, faz esse algo! :)

(mas infelizmente muitas vezes não o faço) :/ confesso

Filipa disse...

Sweety,
Há tratamentos que não envolvem o confronto com o objecto (exemplo: hipnoterapia, psicoterapia), analisam só a origem do mesmo.
E acho que deves tratar, senão vais te irritar contigo mesma por deixares que afecte o teu dia-a-dia!
BTW, já estou a tratar o meu "medo", depois mando mail a contar ;)

Beijinho,
Filipa
www.welc-home.blogspot.com

Pequena disse...

Sim! Temos que enfrentar os nossos medos...sobretudo quando eles condicionam a nossa vida! E ao fazê-lo descobrimos, sempre, que somos mais fortes do que aquilo que pensavamos. Força! ;)

Kishikiari disse...

sem pensar duas vezes, procurava ajuda

Maria disse...

Acho que sim ! Eu já tentei :S ....

Vanessa R. disse...

Eu optava por tratamento, claro. Devemos sempre tentar melhorar a nossa qualidade de vida, e se é uma fobia que nos está a perturbar, devemos procurar ajuda (coof coof, psicólogos, coof coof).
Muito embora existam vários processos para ultrapassar um fobia que não envolvem contacto directo com o objecto, tenho de admitir que para ficarmos realmente curados é necessário encararmos o medo de frente.
Vá, coragem!


beijinhos

Olhó Mau Feitio disse...

Se fosse para meu bem, claro q sim :) pelo menos tentava

PunkRockPrincess disse...

Sim, claro. Já aconteceu comigo. Vi aí alguém que falou que na psicoterapia não se enfrenta o medo, apenas a origem do mesmo. Não é bem assim, o psicoterapeuta recomenda que o faças quando te sentires mais preparada para tal já depois de algumas sessões a falar sobre o assunto, e de algumas técnias que o psicoterapeuta expõe para ajudar a controlar o medo.

Ao Virar da Esquina disse...

Se estás a falar do bicho de que tens fobia e se é um bicho que se encontra com frequência, então acho que merece tratamento.

Olho Azul disse...

Sim, Sem dúvida que tratava;))

Ana FVP disse...

Se te garantem que vais deixar de ter esse medo.. Why not! Pensa que esse terror que sentes agora... vai deixar de existir. É bom.

menina lamparina disse...

Se fosse medo, eu dominava-o. É fobia. Ultrapassa a razão, isa. :/

Ohh meu amor e se eu me irrito comigo por não me controlar!! :/ Vou informar-me acerca de terapias. A hipnoterapia não funcionou com a minha m-ae, tenho dúvidas...
Fico feliz por saber que andas a tratar do teu medo, Filipa! Entretanto escrevo-te!! :)*

Que incentivo bom, Pequena! :) Gostava mesmo de ser capaz de tratar disto... :/

Really, Kish? Mulher de coragem!! :D Gostava de ser assim decidida quanto a isto. :)*

E não funcionou, Maria? :*

Assumir que tenho um problema já é um grande passo, Vanessa R.! E todos os psicólogos me dizem o mesmo que me escreveste aqui... mas ainda preciso de mais coragem. :)*

"Tentar" parece-me mais fixe que "fazer", Olhó Mau Feitio! ;)*

PunkRockPrincess eu não me estou nada a ver preparada para enfrentar o objecto do medo. Nem hoje nem nunca. Pânico! :D E como foi contigo?

É, Su. Aparece em todo o lado. E à custa disso, eu pareço o Jack Nicholson naquele filme em que a personagem sofre de um TOC lixado... LOL :D

Que decidida, Olho Azul! :)*

É bom. Tens razão, Ana FVP. Mas o caminho até lá é muuuito assustador. Mesmo. Argh...

Obrigada pelos comentários... a sério. Isto está mesmo a incomodar-me! :/
Beijinhos*