quarta-feira, 21 de março de 2012

Bad hair days

Gemma Ward
Tenho a certeza de que devia cortar o cabelo. Devia. Mas não consigo. Ando a adiar o encontro com a tesoura há imenso tempo. Está pesadão, tem pontas espigadas, não sei o que fazer com ele. O corte não é corte e as máscaras e as toalhas quentes não são suficientes. Nem o Orofluido me safa. Parece que só fica bonito com babyliss ou curling iron. E o pior é que enquanto não me encho de coragem, vou tentando contornar a situação.









Dou por mim a inventar: ele é tranças espinha de peixe...



que alterno com semi-apanhados com gancho...



ou com muitos ganchos.



Ele é uma mixórdia qualquer a fingir que é penteado,


ou um rabo-de-cavalo mal amanhado que simula o look effortless que tanto prezo.



Às vezes, tento fazer qualquer coisa mais fofa...



Mas se o dia for mau, esqueço o ar despenteado e as fofuras e pronto.



Na pior das hipóteses, posso tentar escondê-lo num coque. Não gosto.



Porque o que eu queria era que ele estivesse todos os dias assim:

Bah.

11 comentários:

Beadelicious disse...

Não queriámos todas?? hehe :)*

Algodão Doce disse...

Linda se está espigado corta , pq a tendência vai ser para piorar .
Quando a ponta está espigada não há tratamento de dê jeito.

Bj!

www.algodao-docedoce.blogspot.com

Algodão Doce disse...

Linda se está espigado corta , pq a tendência vai ser para piorar .
Quando a ponta está espigada não há tratamento de dê jeito.

Bj!

www.algodao-docedoce.blogspot.com

Mia disse...

ahah! Percebo esse mal, fiz agora um alisamento por isso mesmo!

http://pegadafeminina.blogspot.pt/

Maria disse...

baby, na introdução descreveste o meu cabelo!! bjinho**

bjo

http://makeupblah.blogspot.pt/

Rainha das Estrelas disse...

eu cortei o meu na semana passada e foi das melhores decisões que tomei :)
beijinho*

Ana Bauer disse...

É por isso que eu própria aprendi a cortar o meu próprio cabelo e há 3 anos que não sei o que é ir a um cabeleireiro. Agora até está mais saudável e mais comprido. As cabeleireiras não sabem o que é cortar pontas, fazem o gosto à tesoura e não sei que raio de produtos usam que vinha sempre com uma comichão para casa. Beijinhos

Marlene ribeiro disse...

eu qdo tinha o meu cabelo grande tambem qdo acordava de manhã era sempre a mesma coisa :G

*C*inderela disse...

se está espigado corta pelo menos as pontas para ele ficar mais forte. custa mas tem que ser.

Bjokas

Miss Pink * Sofia disse...

Acho que devias cortar as pontinhas se já está espigado...MAs eu quando não quis cortar o meu e estava na mesma situação que o teu, a minha cabeleireira sugeriu-me fazer um tratamento de queratina. E digo-te, o cabelo fica espectacular. Tive para falar desse tratamento no blogue, só que não reparei no nome dos produtos..Então não disse nada sobre o assunto. Mas experimenta fazer esse tratamento de queratina! Eu fiz depois do Verão e vi grandes melhorias.
Beijinhoooos
ps- esses penteados semi despenteados que adoro ver, a mim nunca ficam nada de jeito BAH!

menina lamparina disse...

SIMMM Beadelicious!! :D

Aii eu sei, Algodão Doce... acho que vou cortar eu mesma. As cabeleireiras exageram sempre. Dois dedinhos delas são duas mãos minhas!! :)*

Já espreitei, Mia. E fiquei com vontade... :)*

LOL Maria. O teu cabelo é maravilhoso. :)*

Fui espreitar, Rainha das Estrelas... e o corte ficou super bem! Gostava de me arriscar, mas... não dá! Não consigo... :)*

Não podia concordar mais, Ana Bauer. Vou ser eu mesma a cortá-lo. Acabei de decidir. Me-do! :D

Ai e é horrível. Para ter um ar decente, tenho que perder imenso tempo, Marlene ribeiro!! :/

Eu sei, *C*inderela... :(

Acho que tenho que apostar nisso, Miss Pink! :)*

Beijinhos*