terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Descoberta do ano!!!

Nunca tive unhas fortes. Gostava muito, mas não tive a sorte de sair à minha mãe, que é abordada vezes sem conta na rua para responder à questão "as unhas que tem são de porcelana?"...
As minhas sempre foram uma bela merda, que não há termo melhor para as descrever. Fáceis de dobrar, lascavam imenso e partiam-se por tudo e por nada. A coisa agravava-se se andasse mais ansiosa. Bastava bater com a unha no volante do carro, por exemplo. Era como se a camada mais superficial se descolasse, como se tivesse sempre uma bolha de ar na unha, percebem? Horrível! Houve inclusivamente um momento em que o meu pai, preocupado com a hipótese de me ver sem unhas, com dedos tipo pilinhas, de tão fraquinhas que estavam, me comprou uns comprimidos que fizeram efeito enquanto tomei. Depois voltámos à saga.
Experimentei casco de cavalo, endurecedor disto e verniz daquilo e nada. Comi gelatina feita parva. Tive medo que fosse um fungo qualquer e não era. Por sorte, não sou fã de grandes nails, portanto o caso também não me afectava assim tanto. Era só chato. Este Verão comprei a base fortificante da Andreia, sem esperanças de resultados milagrosos e pimba! Agora tenho unhas de gente, crescem até depressa demais e tenho que andar sempre a limá-las. Estão duras e bonitas, pá! Já não partem nem lascam. Aconselho vivamente.

9 comentários:

Malas e Sapatitos disse...

Tenho de experimentar! As minha sunhas andam armadas em sensíveis ;)

Maria disse...

as minhas são iguais ás tuas! ás vezes estão bem mas a maior parte das vezes parece que já nascem lascadas, 'rais' parta!' lol eu tb n lhes dou miminhos nenhuns, tenho de ser sincera lol

bjo**

Sorteio (internacional) de sombra CHANEL e um kit de maquilhagem da PIXI - entre outros miminhos! Participem :)

http://makeupblah.blogspot.com/2011/11/sorteio-make-up-blah-internacional.html

Helia disse...

Olá Ana,

Tenho exactamente o mesmo problema, talvez por escrever muito no teclado....Deduzo eu.
De ás tempos pra cá resolvi experimentar uma mezinha (demolhar os dedos num ovo batido)...bizarro, não é ...mas tem resultado.
Mas se essa base resultar mesmo, é um 2 em 1...tenho de testar...

Beijinhos

M.I. disse...

:O mesmo??? tenho de ir tratar de comprar um exemplar milagroso! as minhas coitadas andam escamadas q só visto

Mary disse...

Finalmente, luz ao fundo do túnel!!!

Imperatriz Sissi disse...

Não fazia ideia! Quando dava aulas fiz alergia ao giz- um medo, lascaram completamente. A conselho da manicura, usei o casco de cavalo e foi uma maravilha. Mas se dizes que este ainda é melhor, vou experimentar. Hoje as garras estão óptimas mas amanhã não se sabe...

menina lamparina disse...

Ena! Não sabia que éramos tantas a padecer deste mini-problema!

De facto, comigo resulta muito bem e lembro-me de notar a diferença logo na primeira vez que apliquei. Na altura continuei desconfiada, já que nada resultava - nem o tal de casco de cavalo - nas peles que tinha como unhas (argh até fiquei enojada com esta visão).

No entanto, deixem-me acrescentar que a uso sempre. Desde Junho que não pinto as unhas sem esta base e já vou no segundo frasquinho.

Espero que funcione convosco...
Beijinhos*

Suuu disse...

Eu também uso e gosto bastante!
E há um que é exactamente igual mas mais barato q vendem na loja Carlos Santos (i guess) e é por ser a marca da loja porque a funcionária disse que vinham do mesmo sitio.

menina lamparina disse...

Oi Suuu* Hummm, boa dica! Obrigada :D Beijinho*