quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Fico frustrada.

Rachel Zoe
Primeiro a base fortificante. Pausa de minutos de mão estendida. Depois, a primeira camada do verniz escolhido. Outra pausa de mais minutos de mão estendida. Sigo para o segundo round e com ele, outra camada da cor com que carinhosamente decidi embelezar as minhas unhas. Mais uma pausa de minutos de mão estendida. Finalizo com o top coat e depois de uma hora com mímica de Jerseylicious, olho para as mãos e tenho bolhinhas nas unhas. O que provoca isto, afinal? Odeio. Claro que deixo estar e só tiro esta porcaria toda quando tiver paciência.

7 comentários:

Maria disse...

Tb não gosto nada quando isso acontece, o que me vale é que acontece raramente :) e eu não faço pausas entre camadas (só o tempo necessário para pintar as unhas da outra mão). Bem o Jerseylicious, confesso que é um guilty pleasure. bjinho**

ps- neste momento estou a ouvir a smooth fm e a adorar (obrigada por dares a conhecer!)

Eli disse...

Eu também fico possessa quando isto acontece.. Mesmo!

Filipa disse...

Acho que o sentimento é comum à maioria! Quando não são bolhinhas são marcas de lençol ou o verniz lascado em menos de 24 horas... gelinho ou Ultimate da Nails4us, é a minha sugestão...sem ser assim já nem arrisco os tons fortes!

Beijinho,

Filipa

Imperatriz Sissi disse...

Ultimamente tenho aderido às unhas bem polidas, com um top coat espesso e cintilante. Custa-me não usar as cores deliciosas que ali tenho, mas poupo muitas canseiras e arrelias!

menina lamparina disse...

Jerseylicious é a pior cena, mas colo um bocado porque acho que no fundo é giro ver gajas horrorosas à tareia, Maria. LOL :D

Que giro isso da smooth fm, grande companheira das minhas viagens! Ainda bem que gostaste... ;)*

Eli, ainda bem que não sou a única... é frustrante, pah! Uma gaja investe ali tempo e concentração!!! :D :)*

Filipa, mesmo com todos os inconvenientes - e sim, são muitos - tenho medo de gel, gelinho e derivados porque a remoção pode ser agressiva para as minhas unhas. Já ouvi testemunhos tão negros que prefiro não arriscar... e continuar a queixar-me do velho verniz. :)*

O pior é que isto tudo aconteceu com um verniz rosa clarérrimo, quase transparente, Jessi. Hate it. -.- :)*

Filipa disse...

Já tive uma má experiência na remoção mas concluí que o principal problema é a utilização repetida (na esteticista retiro e coloco logo de seguida). Com o Ultimate és tu que retiras em casa e podes colocar só uns dias depois, em termos de remoção é óptimo e facilmente a unha volta ao normal (em termos de brilho). Já não faço sempre mas de vez em quando não resisto...

Filipa

www.welc-home.blogspot.com

menina lamparina disse...

Oi Filipa*

Nunca experimentei, apesar da enorme curiosidade... mas as minhas unhas são tão frágeis que acho que vou ficar na ignorância para sempre. Muito medinho. Elas já são mesmo um cócó.

Beijinho*