segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Voltei, voltei!

Audrey Hepburn
Fui despedir-me dela, as suas férias acabavam quando começassem as minhas. "Ainda bem que chegaste!" - atirou. Uma gatinha pequenina, perdida ou abandonada, insistia em não abandonar o jardim de sua casa. Miava e ela tentava impingir-lhe um pires de leite. "Com três meses, já tem dentinhos para comer sólidos", avisei. Experimentámos fiambre. Devorou. Três fatias. Não quis pão, não quis água. Apesar da fome saciada, continuava sem poiso certo. Não hesitei em pegar no telemóvel e várias chamadas depois, encontrei uma dona para a gatinha. Passou uma noite em minha casa, teve que comer ração das cadelas e não chateou ninguém. Levei-a comigo para o sul. Agora chama-se Mimi e vive em Oeiras, com a minha tia. É linda e eu espero que seja muito feliz. Foi um excelente início de férias.

2 comentários:

João Gante disse...

Mas não foi essa Mimi que fez outra que tal estar a apanhar "presentes" com papel de cozinha dobrado em quinze? A mim não me chateou, achei um piadão à cara de enjoo, mas...

menina lamparina disse...

lol