terça-feira, 6 de maio de 2014

Uma ajudinha, vá lá.

Barbara Palvin
Se não suportam uma pessoa e não podem simplesmente fugir dela ou fazê-la desaparecer do vosso quotidiano, o que fazem?
Imaginem que a pessoa vos irrita mesmo muito.
Mesmo, mesmo, mesmo muito. Mesmo muito. Muito. Muito mesmo. Tanto, que só o facto de ouvir aquela voz vos faz nascer uma borbulha na testa. Daquelas pessoas que nem conseguimos descrever. Cujos actos precisamos de contar a outros, conscientes de que tentar reproduzir momentos através de palavras ditas não é suficiente para traduzir tamanha bizarria, só para ter a certeza de que somos ainda dotados de sanidade mental. Uma pessoa intragável, em quem queriam nem pensar, mas que não vos sai da cabeça. Que vos faz levar as mãos à testa inúmeras vezes. E respirar de alívio quando não está por perto. Estão a ver a dimensão da aversão? Pois. É isto. Como se lida com isto?

4 comentários:

Manias de Mulher disse...

Precisava de saber a resposta a essa pergunta também!

rosa_chiclet disse...

bem é muito complicado, mas o melhor mesmo é ignorares..

kisses***

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
marlene disse...

Quando encontrares a resposta, avisa-me! Também eu a procuro, mesmo muito!