segunda-feira, 3 de junho de 2013

Foi dos episódios mais estranhos que vivi nos últimos tempos.

Jennifer Lopez
Ainda completamente mocada, que a medicação necessária para não sentir muitas dores depois da loucura de quarta-feira passada era dose para cavalo, fui comprar um gelado. Acho que já não comia tantos gelados desde o Verão de 1992. Do dia traumático até hoje, tem sido um regresso à infância. Na quinta ou na sexta-feira comprei um Perna de Pau, feliz da vida com a ideia de trincar com eficácia aquela película fininha de chocolate. Meti-me no carro enquanto desfrutava de tanta frescura, sorvendo devagar e delicadamente o meu geladinho. Conduzia calmamente, apenas com uma das mãos no volante, quando reparo que um polícia se encavalita rapidamente na sua mota ao ver-me passar. Agitado, vinha atrás de mim, demasiado perto do meu carro, como se me seguisse. Viro à direita, ele vira também. Como não percebia o que se estava a passar, decidi encostar para que ele seguisse o seu caminho e me deixasse em paz. Quando parei o carro e puxei o travão de mão, levantei a cabeça para procurar por ele e dei com a sua cara encostada ao meu vidro. Susto do caraças. Ele faz-me sinal para que abra a janela, eu abri a porta. Sem que eu pudesse dizer alguma palavra, ele começou a dissertar sobre o perigo de conduzir enquanto se come. Os meus olhos estavam presos ao aparelho que ele tinha nos dentes, por isso não consegui dizer nada. Não ouvi muito, também. O meu pensamento não largava o aparelho dele - será que vou ficar com este aspecto? Ele foi-se embora sem que eu abrisse a boca e eu fiquei ali, a acabar o meu Perna de Pau.

2 comentários:

Anónimo disse...

Olá menina ;)
Bem eu vou por aparelho, e tenho que arrancar 4 dentes pelo que tou a ganhar coragem...depois do teu episodio d quarta fiquei mais descnsada. Porque o meu medo é se dói no momento, o doer depois eu aguento :P mas fartei-me de rir com este post ! Agora só deves ver aparelhos :P tipo as grávidas que quando estão gravidas dizem que estao sempre a ver gravidas. ;)
Beijinhos grands * Carla Costa

menina lamparina disse...

Oi Carla*

Força nisso, vais ver que não custa nada - só o medo, no momento. Anestesia à bruta e pronto! :D

No meu caso, a coisa complicou-se porque além de terem sido dois de uma só vez, tinha as raízes de um dos dentes em forma de gancho, mas ele partiu-se durante a extracção e isso até ajudou a que tudo se despachasse.
O pior foi mesmo depois, parecia um pós-operatório sério: analgésicos com força, antibiótico e uma moca descomunal. De quarta a domingo, não existi... mas isto é raríssimo, a maioria das pessoas já se sente operacional dois dias depois da extracção! Espero que sejas um desses casos.

E sim, estou sempre a ver aparelhos. Tenho andado um bocado obcecada e cheia de medo de me ver com um!

Quando puseres o teu marcamos um encontro de sorrisos metálicos, boa? xD

Beijinhos*