segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Não é cinismo, é piedade.

Jessica Alba
«- Tenho a certeza de que se procurar snob no dicionário, o teu nome aparece como sinónimo.»
A frase foi dita pela Mana Lamparina. Diz ela que a minha falta de capacidade para me impressionar com alguma coisa se torna, por vezes, insuportável. 
É um facto - não é fácil impressionar-me. Nem com novidades, nem com coscuvilhices, nem com ostentações, nem com roupas ou sapatos, nem com gadgets mirabolantes, nem com marcas, nem com luxos, nem com preços, nem com fama ou famosos. Sou uma seca, portanto. Quando me dão uma notícia, é raro admirar-me. Quando se exibem, desprezo. Quando me contam um episódio extraordinário, reajo como se me tivessem contado que ontem o lanche foi pão com manteiga. Nada que me seja ensinado consegue deixar-me boquiaberta e poucas vezes me surpreendem. Contudo, aprendi a não desiludir os meus interlocutores, correspondendo às suas expectativas: simulo um espanto maior que aquele que realmente me assola quando me tentam impressionar. Assim as pessoas acham-me mais simpática. 

3 comentários:

Tamborim Zim disse...

Que fofura :)

Guinhas disse...

Ahahaahha de qualquer modo acho que não deves simular coisas que não sentes...as pessoas têm de gostar como és!!

Neuza Mariano disse...

Amei!
Identifico-me contigo!

Especialmente quando vêem com ostentações relacionados com tecnologia :)


Obrigada pela visita :)