sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Sim, Coimbra já tem Primark - 2

Imperatriz Sissi e a Menina
Depois de uma paragem forçada no blog, posso continuar a mini-série que comecei aqui.
Hoje quero contar-vos mais sobre a manhã fantástica que passei na Primark de Coimbra do ponto de vista da consumidora em que me tornei. E escrevo em que me tornei exactamente porque nunca fui grande fã da Primark, como já vos disse várias vezes.
Agora sei que o meu problema era simples: eu não percebia nada da organização das lojas! Não conseguia focar-me, mesmo que levasse uma lista de compras prioritárias. Perdia-me na quantidade e na momentânea euforia de encontrar vários achados: "Olha um blazer! Mas aqueles sapatos! Oh que top giro! E aquele vestido?" e acabava por não conseguir comprar nada, ao contrário da Mana Lamparina, que sempre foi altamente louca pela loja.
A minha perspectiva mudou radicalmente depois da visita guiada pela loja vazia e toda arrumadinha. A Responsável de Produto Primark Iberia, Mar Morón, linda de morrer e mais que simpática, explicou às bloggers e aos jornalistas presentes tudo o que diz respeito às secções em que se divide o espaço, bem como às colecções disponíveis. Vocês sabiam que a Primark aposta no conceito fast fashion? É por isso cada loja recebe novas linhas todos os dias. Vão por mim: se se apaixonarem por uma peça, levem-na imediatamente - amanhã pode não haver.
Depois de perceber a orgânica das lojas e o fio condutor lógico que orienta a disposição de todo o espaço (que não precisa de divisões físicas, dado que as paredes indicam que tipo de produto podemos encontrar em cada sector), sinto-me capaz de me perder em compras. Finalmente, consigo entrar ali e saber onde procurar o que quero, uma vez que tal como as outras lojas do género, a Primark oferece variedade e está atenta às tendências e ao seu público-alvo. Cá entre nós, é um óptimo lugar para adquirir aquela peça tão trendy, mas que na próxima estação já estará completamente out.
Esta é a sexta Primark portuguesa e conta com tudo a que estamos habituados. É uma loja onde podemos ir com toda a família, porque não se destina apenas ao público feminino, com toda a roupa, calçado e acessórios que adoramos! mas disponibiliza também vestuário masculino, infantil e artigos para casa.
Ainda enquanto consumidora, claro que me agrada saber que a Primark segue uma política de responsabilidade social, em que as preocupações com o comércio ético e com o meio ambiente têm lugar. Depois de conhecer a Primark por dentro e de ter sido tão bem recebida pela adorável equipa, não me sinto mal por viver o lema "look good, pay less"!

(*) Foto descaradamente roubada daqui.

5 comentários:

Imperatriz Sissi disse...

Love it ;) Besito.

ML disse...

Confesso que me perco nesta loja e muito raramente consigo trazer alguma coisa.

Sou do Porto, e 99% das vezes que fui à Primark vim de lá de mãos vazias por não encontrar nada.

Vou ter de ir lá com calma, durante uma manhã bem cedo a ver se encontro essas delimitações de espaços, e ver se encontro o fio condutor daquilo.

Mas que tem algumas coisas giras e acima de tudo acessíveis isso tem, pelo que vejo em muitos blogs!!

Parece que só eu é que não encontro nada!

Ana Catarina disse...

Oh que giras! :) eu também me fascinei com a Primark! :)

saracr disse...

já n vou à Primark já há algum tempo.

http://beautyshinewoman.blogspot.pt/

Tamborim Zim disse...

Queridas e lindas Menina e Sissi:)