quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Descoberta do ANO!

Lauren Conrad
Lembram-se do que vos disse aqui sobre um top coat que tinha descoberto e que era o máximo? Descobri um ainda melhor!
Toda a gente já ouviu falar no gelinho ou verniz de gel, que parece ser assim a oitava maravilha do mundo porque não é caro e não temos que andar sempre a pintar as unhas, certo? Sempre desconfiei, mas decidi informar-me junto de uma profissional da coisa, que isto quem não sabe é como quem não vê e se calhar as minhas unhas fraquinhas até aguentavam com aquilo e talvez até não fosse assim tão mau e ai meu Deus que vai ser o fim do mundo em cuecas quando eu puder andar entre a praia e a piscina sem pensar em acetona, algodão e coisas que tal.
Fiz questão de ir falar com a senhora sem ter as unhas pintadas, para que ela pudesse diagnosticar correctamente o caso clínico e como não podia deixar de ser, que a minha sorte nestas coisas é mais ou menos igual à sorte que tenho no Euromilhões aconselhou-me a manter as mãozinhas afastadas desses produtos. Apesar de não partirem, as minhas frágeis unhas tendem a descamar e ficam finiiiiinhas. Tão fininhas que o meu pai, temendo que se tornassem numa segunda pele e desaparecessem de vez, me entupiu o esófago de cápsulas e comprimidos para resolver o problema. (Btw, resultou. E a base protectora da Andreia também.)
Perante o meu semblante vazio de esperança, a senhora partilhou um segredinho comigo: que há um top coat mais-fixe-que-qualquer-um-e-super-mega-hiper-fantástico que ela usa nas suas clientes e que me podia vender. Que protegia o verniz de tal maneira, que apesar de não o fazer durar tanto como um verniz de gel, me faria só ter de pensar em pintar as unhas de dez em dez dias, aproximadamente.
Trouxe-o comigo. Pintei as unhas de vermelho, na mira de lhe dificultar a tarefa. Dois minutos depois, a Adda fez-me bater com a mão na janela. Olho para as unhas e nada! - zero mossas. Tive que sair de casa e nem o facto de pegar nas chaves fez com que se estragassem. Correctíssimo: dez dias de verniz intacto. Claro que uso luvas para lavar a louça e que tenho os mesmos cuidados que tinha antes de descobrir este produto-maravilha, mas o descanso é incrível. Posso pintar as unhas antes de me deitar, porque não se estragam e só mudo a cor porque me irrita vê-la afastada da cutícula. A-mazing.

Chama-se "MAJOOL" e diz "Brilho efeito molhado. Secagem rápida".
Além destas vantagens todas, é baratíssimo (cerca de três euros) e cria uma camada protectora grossa o suficiente para proteger as minhas unhas. Ficam imediatamente com um aspecto mais forte e com um brilho lindo, à semelhança das publicidades photoshopadas. O único contra é o facto de não se encontrar em qualquer lado, por isso, se estiverem cheias de vontade de experimentar, informem-se junto de uma manicure  ou naquelas lojas especializadas em produtos de cabeleireiros e estética.

5 comentários:

Filipa disse...

Hello!
Preciso mesmo disso, vou-me informar, muito obrigada pela partilha :)
até podias pensar em abrir uma loja lamparina para vender essas pérolas que descobres e não são assim tão fáceis de encontrar. Ainda ganhavas comissão, ajudavas a malta e, ias ter ums sucesso tremendo!

Beijinho
Filipa
www.welc-home.blogspot.pt

Isabel Simões disse...

Obrigada pela dica! Hoje mesmo vou começar a procurar! ;)
Beijocas

Eu é mais bolos disse...

Quem encontrar que diga, por favor. Também sofro do mesmo mal e na net, não consigo encontrar, mesmo ems ites de fornecimento de material para unhas de gel e afins... :(

Joa disse...

isso foi mesmo um achado o problema é que não encontro em lado nenhum... :(

Sónia disse...

Olá
Já comprei :)
Mas, como sou uma leiga, acho que fiz asneira.
Apliquei o verniz, deixei secar e, apliquei este.
Porém, qd apliquei este, o verniz diluiu um nadinha, ficando umas manchinhas.
Algum truque??
Sugestão??

Obrigado