quarta-feira, 7 de março de 2012

Be yourself.

Natalie Portman and Mila Kunis
Eu devia sentir-me lisonjeada, vaidosa e importante. Devia. Não é que isto interfira no meu estado de espírito, mas surpreende-me (fico atónita, vá), pode irritar-me e torna-me um bocadinho bitch. Dizem-me que devia apenas sorrir e ignorar, mas fico perplexa. A falta de personalidade e a tamanha lata deixam-me boquiaberta, estática, pasma. E fico um bocadinho cansada, também.
Eu tenho uma camisola cinzenta. Ela compra uma camisola cinzenta. Eu gosto de kiwis. Ela diz que os adora desde que nasceu. Eu aclaro o cabelo. Ela que sempre o teve negro, faz o mesmo. Eu pinto o quarto de branco. Ela publica fotos do seu quarto recentemente pintado... de branco. Eu só uso saias cor-de-rosa. Ela publica fotos da sua colecção de saias cor-de-rosa no facebook. Eu gosto de vernizes. Ela diz que já pinta as unhas desde o Jardim de Infância. Eu tenho uma ideia. Ela já a concretizou.
Claro que estou a exagerar, mas não me apetece explicar tim-tim por tim-tim todo e cada exemplo real que poderia partilhar convosco. É demais. É um exagero.
E não, não me estou a armar em diva, porque não me incomodo nada com aquelas coisas normais de mulheres, que todas temos entre amigas:
- Adoro esse vestido, onde compraste?
- Na Mango. Queres que te traga um?
Sem stress. Se quisesse exclusivos, mandava fazer, certo? Não tenho problemas nenhuns em partilhar as minhas coisas, revelar os meus gostos ou, por sua vez, assumir quando quero ter as sandálias ou a mala que a minha amiga tem. Não acontece todos os dias, mas não vem mal ao mundo se acontecer. A questão aqui é só uma: trata-se de alguém com quem não tenho grande proximidade.
E não, não é nóia minha. Na maior parte das vezes, ligam-me a contar que a stalker acabou de fazer mais uma. Já fiz experiências parvas e tudo aponta sempre para que tenha ali uma fã incondicional. E isso perturba-me um bocadinho. A modos que não sou propriamente uma vedeta, não é?

13 comentários:

Beadelicious disse...

Revela falta de personalidade. Mas acho que as pessoas só têm a importância que nós lhes damos.. É chato e aborrecido, e acho que se me acontecesse também não acharia a menor piada. Mas a verdade é que ela é que tem graves problemas de identidade.. Não te rales tanto. bj ;)**

Lia disse...

Estará apaixonada por ti?? :-) Vamos acreditar que é apenas inveja!! eheh

Maria disse...

tchiii, pessoas assim quero-as é longe. credo, sem personalidade, sem vida própria, a alimentarem-se dos outros... n me parece nada bem...

bjo*

http://makeupblah.blogspot.com/

Malas e Sapatitos disse...

Bem... parece que tens uma fã... in a bad way...

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Ui, conheço umas criaturas assim.

mari disse...

eheheheh ... é um bocadinho aborrecido é verdade ;)

Bekas disse...

Pois sei bem pelo que passas... a mim aconteceu-me o mesmo, infelizmente com alguém que se dizia minha amiga e que acabou por se revelar uma enorme desilusão! O melhor para mim foi afastar-me porque andava a dar em doida... mas para minha supresa isso não evitou que certas coisas tornassem a acontecer! Infelizmente existe o facebook, e sinto que ela quer competir comigo a toda a hora, mesmo já não sendo minha amiga! É terrivel! Eu visto uma coisa, ela veste! Eu faço um penteado diferente, ela imita! Eu uso uma produto para o cabelo, ela não descansa enquanto não o tem! Que KARMA!

http://atitudesimprovaveis.blogspot.com/

Se eu pudesse escrevia um livro disse...

AHAHAHA, a namorada do meu ex tb é assim.. é literalmente o meu clone!!

Imperatriz Sissi disse...

Tive uma dessas, mas ainda por cima não gostava de mim (sem sequer me conhecer pessoalmente). Que tarada!
Essa tua amiga vai-se a ver e ainda cria um blog...uma versão contrafeita do lamparina. Me-do.

menina lamparina disse...

Completamente, Beadelicious. Tens toda a razão. Não me ralo, mas precisava de ventilar! ;)*

LOL Lia :D I don't think so! Vamos acreditar que é apenas inveja... eheheheh :)*

Eu também prefiro que fiquem lá longe, Maria. Mas elas espreitam, pá!! :D :*

Não quero ter fãs, Sofia. Não sou uma celebridade. :D :*

São muitas, não são, Pipoca? BAH! :*

Um bocadinho, mari?? És mesmo querida! :D :*

Bekas, essa situação parece-me bem mais grave que aquela que relato no post. Quando nos desiludimos, estas coisinhas empolam, tornam-se mesmo chatas. Porque não a colocas numa lista de Restritos para que ela não possa ler tudo o que postas pelo facebook? ;)*

LOL Adorei esse comentário, Se eu pudesse escrevia um livro! Ahahahahahahah xD

Ohh Imperatriz que horror! :D Sabes o que é mais engraçado? Já o fez! Ahahahahah xD :*

Beijinhos*

Aida disse...

como te compreendo minha querida, mas sabes que mais, olha que o cúmulo da estupidez, é que durante muito tempo eu ainda fui AMIGA, mesmo, de uma pessoa assim!
felizmente cortei as amarras - irreversivelmente!

beijos

ps - a cópia é a forma mais clara de idolatração. só se copia quem muito se admira! ;)

Tamborim Zim disse...

Será q dá p cobrar direitos de autor? :-))

menina lamparina disse...

Essa frase final é GRANDE, Aida! :) E essa história é assustadora... Beijinhos*

Eu já pensei nisso, Tamborim... :D
Beijinho*