quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Smells like... gud.

Sou fã de perfumes, vocês já sabem. Adoro saber que atrás de mim fica um cheirinho bom. Que as pessoas sentem aquele perfume e se lembram de mim. Como uma impressão digital. Talvez por isso não varie muito. O Chance, da Chanel é o meu preferido. Adoro o Light Blue, Dolce & Gabbana. O facto de a minha mãe ter tido em tempos uma perfumaria contribuiu imenso para esta paixão. Desde pequenina que amo cheiros. Há alguns inesquecíveis: o Oui-Non da Kookaï - quem não se lembra deste? - ou o Tribu, da Benetton, são alguns dos que deixaram saudades. Os Don Algodón eram um básico. E o Estivalia? Lembram-se? Depois veio a moda dos perfumes unissexo. CK One, XS...
Muitos dos perfumes que me marcaram foram descontinuados. Outros, horrorosos, permanecem. É assim a vida. Normalmente, os "de velha" não saem do mercado. Porque será?
Bom, este post surge no seguimento de um e-mail que recebi sobre o lançamento do novo perfume do Roberto Cavalli, cuja campanha é protagonizada pela Elisa Sednaoui. Podem ver o teaser aqui. Ao ler sobre a campanha, lembrei-me deste perfume com que ilustro o post. Foi o meu preferido durante séculos, destronado apenas pelo Chance. É como o Boss Bottled para mulher. Sim, porque o Boss Bottled não fica na minha pele como fica num homem - já o tive e não é a mesma coisa. Este tinha aquele travo a madeira, quente mas não enjoativo. Durava imenso tempo na minha pele. Fiquei com saudades. E curiosa para cheirar a nova fragrância do Robertinho.

5 comentários:

Telma Trindade disse...

Eisssh! O tribu.. porra! Sabes aos anos que procuro esse perfume ? Foi o perfume que me acompanhou na minha adolescência.

Joa disse...

Querida lamparina é engraçado esse perfume da foto é o meu favorito!! é um pouco dificil encontrar perfumes que aguentem mais de 1h na minha pele. Além do mais a minha pele tem tendencia para activar determinados ingredientes e por isso ainda não encontrei mtos mais perfumes que goste além do DKNY. mas fiquei com curiosidade do Chance, vou experimentar como fica na pele.
Ah os clássicos perfumes da Kookai e don algodon, se me lembro!!

mari disse...

o da kookai deve ter sido o meu primeiro perfume ... doces recordações :)
**

Vânia disse...

Os meus perfumes de eleição são o chance e o daisy:-) E quando era mais nova o XS foi o meu companheiro durante muitos anos:-)

menina lamparina disse...

Também adorava o Tribu - era óptimo e durava horrores na minha pele. Era facilmente identificada pelo cheiro... Usei-o incansavelmente desde os 10, 11 anos até aos 15. Tenho a sensação de que já não o produzem, unfortunately. Nunca mais se soube nada dele... :S Se souberes coisas, diz! ;)*

Este da foto é fantástico. Nem sei porque deixei de o comprar, acho que a culpa foi mesmo do Chance. Ainda por cima, tem uma vantagem: é fácil de usar no Inverno e no Verão. Já o Chance, nem penso nele fora do tempo frio... a minha pele altera-o completamente no Verão e torna-se enjoativo. :)*

mari, era tão bommmm! :D E tinha sempre uns coffrets giros, com acessórios e relógios. Eu adorava! :)*

O daisy também é fofinho, mas em mim desaparece num ápice, Vânia. :D Tenho uma pele muito parva... :)*

Beijinhos*