sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Mas não troco a minha Clinique.

Tenho que vos contar esta! Nunca tinha experimentado uma base em mousse, principalmente porque gosto da fluidez das bases "comuns" e porque nestas coisas, o hábito fala mais alto.
Vocês estão fartas de saber que a Clinique é a marca que toma conta da pele do meu rosto, é a única em que confio e porque os resultados são óbvios, não penso sequer em usar outros produtos. Sabem como é... em equipa não sei quê, não se mexe. Exacto.
Bom, mas há dias foi-me dada a experimentar uma base em mousse da essence e vocês não têm noção! Aquilo custa para aí três ou quatro euros e até nem era porcaria nenhuma. Passo a explicar: meio desconfiada, pus o dedinho no pote e depois de estranhar a textura, lá pus um bocadinho na bochecha. Weird! Parecia que estava a borratar-me com uma substância ali entre a terra e a farinha. Espalhei, pus mais um bocadinho e no fim já estava fascinada! Uma leveza brutal, super macia e fácil de aplicar. Ainda por cima, com um acabamento super natural. Aguentou o dia todo maravilhosamente bem e nada de sujar o colarinho nem nada disso. Uma cobertura impecável e zero brilhos na minha carinha. Nem precisei de andar a retocar o make-up durante o dia como habitualmente... É que a Menina tende a sofrer com uma certa oleosidade na zona T(*). A textura desta base da essence faz-me lembrar a do Pore Minimizer Instant Perfector, da Clinique, que uso diariamente. Mesmo leve. E não parecia estar empastada em base, porque a minha pele ficou com um aspecto nu, mas sem imperfeições.
À noite, quando me fui desmaquilhar, estava cheia de medo porque pensei que me ia acontecer o mesmo horror que na noite em que tirei a Lingerie de Peau Compact Foundation, da Guerlain, da cara: além de ter custado a sair, fiquei cheia de pontos negros na zona do nariz... Qual não foi o meu espanto quando depois de remover esta base da essence vi a minha pele normalinha, sem vestígios de porcarias. Adorei. O único senão? O preço... isto de ser tão barato assusta-me. E a vocês?




(*) Btw, para combater essa tal oleosidade, além de aplicar este produtinho antes do make-up, ainda uso umas mini toalhitas milagrosas que me salvam à séria, vejam aqui.

6 comentários:

Olhó Mau Feitio disse...

Onde é que se compra isso?

Mia disse...

Eu uso um corrector de olheiras mousse da maybelline que adoro! :)

http://pegadafeminina.blogspot.com/

Filipa disse...

Eu descobri agora as toalhitas da Sephora! Boa dica, essa da base! Aplicas com o dedo? Eu comprei uma da Sephora que uso com pincel (a minha primeira base) mas ainda não me habituei a usar todos os dias...
Onde se vende essa?
Qualquer dia dás cursos de maquilhagem aqui à malta:)
Beijinho,
Filipa
www.welc-home.blogspot.com

Mary disse...

Em Maio vem aí uma base matificante para peles oleosas tãoooooo boa!

Ao Virar da Esquina disse...

Isso não é um susto, é uma boa noticia. Nada de errada em produtos baratos e bons. Se tiver uma cor clarinha vou experimentar.

Bj
Su

menina lamparina disse...

Já vi esta marca à venda nas parafarmácias no Continente, Olhó Mau Feitio. :)*

Nunca tinha experimentado mesmo nada em mousse e afinal é o máximo! Qualquer dia experimento mais coisinhas, Mia. :D :)*

Oi Filipa* :) Sim, aplico sempre com o dedo. Esponjas e pincéis deixam-me sempre com um aspecto pouco natural, como se tivesse uma camada demasiado espessa de base... Esta vende-se nas parafarmácias do Continente, pelo menos. Quanto aos cursos de maquilhagem... lol não tenho assim TANTO jeito. Só em mim e na minha cara. :D :*

GOSTO dessa novidade, Mary! :D TANTO!!! :)*

Fazes bem, Su. O medo do preço baixo é só um: que a qualidade não seja assim tão fantástica. As minhas bases custam sempre cerca de trinta euros, duram imenso tempo, não cheiram a ranço, não fazem mal à minha pele, que é mesmo sensível. Por três ou quatro, fico com medo porque não tenho essa certeza... mas se experimentares durante uns tempos e te deres bem, partilha! Como só a usei durante um dia, não posso avaliar o produto como deve ser! ;) :*

Beijinhos*