terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Diz que é do tempo...

Mila Kunis
Pedi a minha amostra aqui e pouco tempo depois, ela chegou à minha caixa de correio. Só agora decidi experimentá-la. Depois de tanto buzz na blogosfera, é claro que fiquei curiosa, mesmo sabendo que não há máscara melhor que a minha.
Esqueçam, ainda não foi desta que a brasileira foi destronada. Não fiquei fã, pronto. Sei que tenho umas melenas loucas e difíceis, mas se era milagre, devia ser milagre, certo? Prometeram-me um milagre em três minutos, mas eu acho que devia tê-la experimentado noutra fase da vida da guedelha.
Passo a explicar: eu nunca senti os efeitos da electricidade estática no cabelo e nunca tinha percebido a utilidade dos secadores com cenas de iões e blá blá blá. Eis que suddenly não só dou choques a toda a gente (até se ouve o estalinho), como não posso tocar na porta do meu carro e ainda tenho tentado manter a calma de manhã, quando tento acalmar a juba... é que há dez cabelos de cada lado da cabeça que insistem em levitar calmamente. Quando passo a escova, ouço os tais estalinhos e ele fica completamente acachapado. Coladinho à cabeça. E eu tento normalizar a coisa, com escova redonda, secador e até laca!
Afinal, o que é que se passa com o meu cabelo? Alguém me explica?

2 comentários:

mari disse...

pois não sei :( ... que grande cena, espero que consigas eliminar esse 'tensão' do cabelo ... e podias partilhar com a gente qual é a tua máscara de eleição ;)
**

menina lamparina disse...

Lol também espero que sim, mari!! Já não posso com isto! Tá louco...

A minha máscara está explicadinha num texto que escrevi há tempos e que podes ir ler se clicares em "a minha", no final da terceira frase deste post.

:*