terça-feira, 15 de março de 2011

Alguém me explica

Meghan Collison
porque é que sempre que os camionistas se lembram de protestar e parar, o povo acorre aos supermercados para esgotar os stocks de açúcar? Nunca percebi. Para mim, o açúcar não é essencial. Mais depressa me lembrava de ir buscar arroz ou massa... mas não. O povo acaba com o açúcar. Lá em casa, um quilo de açúcar dura mais de um ano. Será que o resto da população coze um bocadinho de açúcar para comer com os bifes? Alguém me explica este fenómeno por favor?

2 comentários:

Diana disse...

Também não percebo o fenómeno :/ já quando foi a cena de que não havia açucar foi um filme. Cá para mim o açúcar deve ter outra utilidade para a sobrevivência que desconhecemos ahahahhahah

menina lamparina disse...

Ou então é simplesmente um trauma... a minha avó conta que depois da Grande Guerra, não havia açúcar. Será? Cenas que não compreendo...