terça-feira, 28 de dezembro de 2010

2010

Marion Cotillard
É altura de balanço, sinto-o sempre. É altura de avaliar, apreciando e de perspectivar, desejando. É um lugar-comum, é uma piroseira, mas sai-me sem que o possa travar. Assim, quando conduzia a caminho de Coimbra, eu e o carro, a paisagem e a estrada, sem música de fundo, fui envolta em memórias, na sua maioria felizes, de um ano que atravessei. 2010 foi o outro lado da moeda, que os anteriores 365 dias tinham sido dos piores da minha vida. Fui abençoada de muitas maneiras, tive muitas e agradáveis surpresas. Foram experiências novas e com elas, o crescimento. Constatei que para amadurecer, nem sempre é preciso sofrer. Não são necessárias bofetadas e lágrimas para aprender. Eu também adquiro novos conhecimentos com amor, com sorrisos e com gargalhadas. Reaprendi a serenidade, descobri paz, a paz que só vislumbrava em fugazes momentos. Depois encontrei-me a mim, e comigo, um bom lugar a que chamar lar. Perdi alguns valores pelo caminho, que em todos os trilhos há pedras: a minha cadelinha partiu precocemente, houve pessoas que viviam no meu coração que o abandonaram. Ainda assim, foi um ano primaveril, para mim. Houve flores e frutos, luz por todo o lado. Só quero que o próximo seja igual ou melhor.

3 comentários:

Jpimentel disse...

A verdade é que sempre que faço a viagem entre Pbl e Cbr também aproveito para reflectir, sabe bem, principalmente ao Dom. à noite... e quase sempre com o rádio desligado! ;) Beijinho

João Gante disse...

Para que saibam, as retrospectivas de vida são das principais causas de despistes. Façam-nas antes em voz alta, junto de pessoas que não têm qualquer interesse em ouvir.

menina lamparina disse...

Jpimentel: É sozinha no carro e em silêncio que o meu cérebro potente descomprime. E descansa ao divagar - às vezes tem conclusões geniais! E o caminho para coimbra é suficientemente curto para esse momento. ;)

João Gante: Como tu, amor meu, que enches os meus ouvidinhos? :D Just kidding lololol