sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Parabéns, Pombal Jornal!

Brigitte Bardot
Ontem, dia 6 de Fevereiro, comemorámos o primeiro aniversário do Pombal Jornal. Na 25ª edição, decidimos revelar um pouco mais acerca dos que estão do outro lado da linha. Como diz a minha editora (a melhor do mundo, claro está), «há quem figure em todas ou quase todas as edições do jornal - uns por mérito próprio, outros porque arrogam para si a certeza de que são detentores desse mérito... mas no dia em que comemoramos o primeiro aniversário, quisemos dar o merecido protagonismo a alguns daqueles que têm ajudado a escrever a - ainda que curta - história deste jornal. Desafiámos três colaboradores (duas jornalistas e a paginadora) a deixar de lado o papel que assumem todos os dias e a serem agora contadores de uma história bem diferente: a sua, num dia-a-dia entre risos e angústias, caracteres, entrevistas, reportagens, elaboração de anúncios, histórias muito ou pouco interessantes, lutas contra o relógio quando o muito por fazer parece que não acaba... Se vale a pena? Vamos ver o que nos contam!».

Deixo-vos a versão alargada do texto que publiquei:

É um privilégio escrever-vos na primeira pessoa, tal como é uma honra trazer-vos para as páginas deste jornal aquilo que vivo. Como me dizem tantas vezes, a minha profissão é contar histórias. Mais que isso, a minha profissão é viver aprendendo, todos os dias. Aprendo com uma ida a uma festa de aldeia em que alguém tem paciência para me contar dos costumes centenários. Aprendo com os artigos de fundo em que me é permitida uma liberdade ímpar, com a generosidade do povo pombalense, daqueles que não querem aparecer mas que movem montanhas para proporcionar uma habitação digna ao vizinho que atravessa um momento difícil. Aprendo com a simplicidade tão comovente como humilde daqueles que se sentem gratos por ter um jornal que é mais de quem o lê do que de quem o faz. Aprendo com os emigrantes que aproveitam a vinda à terra para renovar a assinatura - sempre é uma maneira de matar saudades. E aprendo todos os dias com a elevação de quem não se deixa abater, por mais fortes que soprem os ventos, e segue ao leme deste barco sem perder tempo com o que não interessa.

Sem que me apercebesse, passou um ano. Foi um início difícil, um arranque trabalhoso, em que se destacou a vontade de um homem tão louco como corajoso. Foi ele que nos arrastou até aqui. E mesmo tendo sido apenas há um ano, aconteceram tantas coisas que me é impossível olhar para trás e não me comover.
Contra todos os que não fazendo melhor, não se coibiram de apontar o dedo, contra todos os rumores fomentados por quem não tinha certamente nada nem ninguém por quem zelar, firmámo-nos. E com um certo estilo, deixem-me que vos diga. Nada seria possível sem a ajuda dos nossos leitores e anunciantes, dos que confiaram em nós ainda antes de verem o produto final materializado.
Um ano, 25 edições, três sedes diferentes. Hoje somos uma equipa que se desenrasca com os meios que tem à mão para dar informação. Sem alarmismos nem dramas à la esquerda, sem lambe-botice à direita que está no poder, mas com isenção e seriedade. Não fazemos favores nem oferecemos propaganda e acima de tudo, lembramo-nos de quem são os nossos leitores.

Comecei apenas com o intuito de ajudar, mas não demorou muito até que vestisse a camisola e me orgulhasse do trabalho feito, em conjunto, a cada edição. Se por um lado a imprensa regional não é novidade para mim, que me estreei nestas andanças por volta de 2009, por outro, sou diferente da menina que começou por trabalhar à peça no já extinto O Correio de Pombal. A experiência traz segurança e a formação académica acaba por justificá-la. E se ali trabalhei com uma equipa maravilhosa, agora trabalho num lugar onde o meu patrão e a minha directora, que odeia que eu a chame de patroa, são pessoas que tenho como amigos. O ambiente é muito bom quando trabalhamos com pessoas de quem gostamos e não para um chulo qualquer.

O Pombal Jornal completa hoje um ano de existência e eu estou muito orgulhosa deste projecto. Nasceu de uma pessoa sozinha e hoje tem milhares de assinantes, mais de mil seguidores no facebook e inaugurou recentemente o seu site.
Parabéns, Pombal Jornal. E parabéns, patrõezinhos.

1 comentário:

Lily Marques disse...

Ps: "Vejam na ediçao papel a minha foto linda" Gostei :)