quarta-feira, 6 de março de 2013

Quase um mês depois, tirei o verniz de gel.

Neste post de dia 11 de Fevereiro contei-vos que tinha decidido experimentar aplicar verniz de gel. Na altura, adorei o resultado: as minhas unhas ficaram bonitas e não foi preciso andar cheia de salamaleques, com medo de bater ou passar de raspão com o verniz fresco em qualquer lado, qual Jerseylicious girl de mãos afectadas. Logo após a aplicação, pude pegar tranquilamente na chave do carro e conduzir enquanto procurava coisas na mala. Fantástico para pessoas desastradas como eu, portanto. Brilhante, resistente e muito confortável, já que me conferiu espessura (e portanto, protecção). Só o passar do tempo e a remoção me deixavam um pouco apreensiva.

Na altura, ficaram assim.

Passado cerca de um mês sem pensar em algodão, acetona e dedos sarapintados, só a quilométrica distância entre a cor e a cutícula me fez entrentar o medo e ir retirá-lo.



Confesso que adorei a experiência. É mesmo muito confortável não andar sempre preocupada com a manicure, com a unha que lascou ou com o verniz que não está impecável. Por outro lado, não sabia que podia limar as unhas mesmo com verniz de gel, o que se revelou um pouco incómodo... é que não suporto unhas compridas e escrever sms já estava a tornar-se complicado. Também poderia ter passado com um verniz vermelho normal por cima, mas achei que se iria notar na mesma a diferença.
Apesar destes pormenores, quis aguentar o máximo de tempo possível para perceber não só a durabilidade da cena como também para verificar que estragos sofreriam as minhas unhas. Surpresa das surpresas, estão óptimas! Além de se terem tornado um pouco mais duras, reparei com agrado que as estrias que tinha em algumas delas desapareceram por completo. E não foi preciso poli-las para remover: colocaram um algodão embebido num removedor próprio (sem acetona) por cima de cada unha, que foi posteriormente enrolada em papel de alumínio e aquecida. Guess what? Saiu tudo sem dramas. Como sou meio distraída, esqueci-me de tirar fotos, mas eis a prova de que ainda tenho unhas:



Não imaginam como tinha saudades das minhas unhas curtinhas com um tom leve e discreto. Não voltei a aplicar verniz de gel porque me aconselharam a esperar um ou dois dias, mas pretendo fazê-lo assim que me apetecer. Acho que é uma boa alternativa para alturas em que esteja mais ocupada ou sem pachorra para as manicures caseiras...

9 comentários:

teardrop disse...

Ainda não experimentei, mas testemunhos como o teu dão-me mais confiança para um dia destes aplicar o verniz de gel!

Na Província disse...

Um mês é muito minha querida, no máximo dos máximos 3 semanas, eu também uso verniz de gel e muda de duas em duas semana. Um mês???? Não há unhas que aguentem :) :)

kariguergous disse...

Boa! Tiveste sorte. Eu fiquei traumatizada dos estragos do pós... Nunca mais... Ou então bad pro :(

Filipa disse...

Ainda bem que tiveste essa experiência,foste mesmo uma sortuda, as tuas estão com um aspecto óptimo. Eu já fiz várias tentativas, adoro enquanto dura mas sofro imenso na remoção. As minhas unhas ficam péssimas :(
E quando experimentei o da Nails 4 Us, achei muito menos agressivo na remoção mas lascou várias vezes - ou seja - lá se vai o propósito:não me preoocupar de todo com as unhas...
Confesso que já ando cheia de vontade de outra tentativa (depois quando tiro digo sempre que nunca mais!) porque enquanto dura é realmente fantástico!
Beijinho,
Filipa
www.welc-home.blogspot.pt

Imperatriz Sissi disse...

Comprei a maquineta para fazer isso e vou tirar umas lições, mas tenho estado com preguiça e falta de tempo...acho que é um bom investimento, mas tenho de me acostumar.

Ana Formigo disse...

tenho que exprimentar!

Sofia disse...

Eu gostei de usar..Mas tive o azar de fazer o gelinho na pessoa errada. Limou muito as minhas unhas..ficaram uma desgraça!

Muahs

Little Girl disse...

eu tb uso e n aguento 1 mês, no maximo 3 semanas tenho q trocar! nao sabia q se tinha q esperar 1 a 2 dias, eu coloco logo novamente!

*C*inderela disse...

Eu já fiz e o pior foi o retirar. Foi muito agressivo e fiquei com elas finas mas quando voltaram a crescer, voltaram ao normal: fortes.