terça-feira, 12 de julho de 2011

Isto de estar noiva deve andar a afectar-me os nervos sem que eu me aperceba. Só pode.

Kate Hudson
Acordei suada, em pânico.
Amanhã era o dia do meu casamento e ainda corria Lisboa à procura do meu vestido. Todas as minhas amigas me acompanhavam nessa jornada e todas elas iam encontrando os seus. Eram todos originais e até surreais, com direito a estruturas metálicas e artefactos do género. Todas elas tinham o seu vestido perfeito, excepto eu, que por acaso até era a noiva. Chorava de desespero, não havia como casar vestida a preceito, já me imaginava de camisa de noite no altar.
Acordei suada, em pânico.

Os pesadelos que mais me marcaram nos últimos anos tinham algo a ver com casamento. Naquele que foi o pior de todos os que incomodaram a tranquilidade do meu sono, tinha sido abandonada, o noivo não apareceu. Dessa vez, acordei num choro desalmado, não conseguia acalmar-me nem deixar o pesadelo fora do meu mundo real.

Sabem, não tenho falado mais sobre o meu casamento porque questões como o meu curso, trabalho, festas ou viagens têm ocupado o meu tempo. No entanto, deixem-me que vos conte que já experimentei uns sapatinhos de noiva giríssimos, só para saber como me sentia. Adorei a experiência.

3 comentários:

mariana costa veludo disse...

Primeiro que tudo PARABÉNS :D
Sim, confesso que só hoje me apercebi que estás noiva ! Qualuqer coisa que acho ser fantástico, que deve nos deve fazer andar com um sorriso na boca bem gigante mas que também deve ser extenuante de tanta excitação e de tanta coisa para acertar. Quer-se tudo perfeito, não é ?!

Já agora possa dar uam sugestão quanto a sapatinhos, Zilian ? Eu gostei de uns quantos.

e o vestido, o vestido ? Bem isso deve ser assim a melhor e pior parte, ao mesmo tempo!

beijinho

menina lamparina disse...

Obrigada, Mariana :*

Sim, quer-se tudo pereito ahahahah
Tenho tudo idealizado desde miúda - e as ideias continuam actuais, porque há sonhos intemporais - mas o facto de ter apontado a data para a Primavera de 2013 adiou o estado de ansiedade...

Vi o teu post sobre os sapatinhos da Zilian, mas nem sempre consigo comentar no teu blog, não sei porquê. Às vezes fica anónimo, outras vezes não fica nada :( A colecção desiludiu-me um bocadinho, sabes? Estava expectante e são tão simplezinhos... talvez calçados ganhem outra vida.

Quanto ao vestido, acho que só quando experimentar alguns vou ter a certeza do que quero. Sempre me imaginei tipo princesa, mas pode haver uma silhueta que me desagrade à partida e que me favoreça. Não sei. Vai ser um pânico. :D

Podemos sempre pensar num aconselhamento, senhora consultora de imagem ;)

Beijinho*

menina lamparina disse...

*perfeito.